• Blog
  • 5 dicas para quem quer mudar de carreira após os 40
meeting-blog

5 dicas para quem quer mudar de carreira após os 40

Leia em 5 min.

Em seus mais de 25 anos de mercado, a Facioli Consultoria sabe que estratégia está intimamente relacionada a escolhas.

Decisões focadas, aliadas a ações rápidas e inter-relacionadas levam a resultados distintos em termos de valor e independem da idade: se você chegou aos 40 anos, saiba que é possível, sim, fazer um bom plano de carreira e executá-lo com sucesso.

Tome nota destas 5 dicas e tire seu plano de carreira do papel!

1. Reflita: você quer mudar carreira ou de empresa após os 40?

Essa é a primeira coisa a se fazer antes de tomar uma decisão. Se você ainda se sente à vontade em realizar o trabalho que desempenha há anos, mas está cansado ou desconfortável com seus gestores ou chefes, a chance de encontrar uma empresa melhor é mais adequada.

Nesses casos, muitas vezes o processo de transição é mais fácil do que você pode imaginar.

No entanto, se tiver a certeza de que profissão não lhe remete mais o entusiasmo necessário, aí é hora de voar mesmo!

2. Realize um planejamento em médio prazo

Não é regra, mas fazendo uma análise cultural, quem chega aos 40 normalmente já constituiu família, ou responde sozinho por suas despesas.

Por isso, antes de mudar de carreira, programe-se! Afinal, sair da sua zona de conforto pode levar tempo, algo que a maioria dos profissionais não dá tanta importância.

Lembre-se: você precisará de tempo para mudar de emprego, ou tempo para aprender uma nova profissão e tempo para começar a receber por ela.

Uma dica bônus é: escolha uma mudança gradual, ou seja, mantenha-se em seu atual emprego, porém, comece sua busca com os passos abaixo. 😊

3. Decisão tomada, encontre suporte

Mudar de carreira durante na chamada “meia-idade” não precisa ser um espetáculo ou trilha para se percorrer sozinho.

Você precisará de energia e apoio moral das pessoas com quem convive e em quem confia. Se não encontrar neles, busque pessoas que o ajudem, valorizando sua mentalidade, opinião e desejo de abraçar o novo.

4. Retome sua rede de contatos

Sabe aquele bom e velho perfil que você não acessa no LinkedIn? Que tal atualizar as informações?

Procure pessoas com as quais você já esteja conectado e não tenha medo de falar com alguém com quem você não tem contato há muito tempo.

É sempre bom ressaltar que você deve realmente ser o profissional que descreve no seu perfil. Não descreva experiências e qualificações se não forem verdadeiras!

E não só nessa rede social, mas um café, uma visita ou um telefone também são muito importantes nessa hora.

5. Procure mentoria ou aconselhamento profissional

É claro que se você tiver metas específicas, receberá resultados específicos. No entanto, nessa jornada você se beneficiará muito se puder encontrar um mentor ou um grupo de aconselhamento que consiga traduzir suas habilidades e interesses em uma nova carreira.

Profissionais especializados nessa área não fazem mágica, mas possuem expertise necessária para fomentar em você o impulso de confiança que auxilia na transição.

Eles poderão levá-lo a uma “autolapidação”, fomentando seu potencial de desenvolvimento e transparecendo seus diferenciais competitivos, tão eficazes na exploração de oportunidades.

Desejamos sorte a você nessa empreitada e deixe seu comentário se ficou alguma dúvida sobre o assunto. Ficaremos felizes em ajudar!


Gostou deste
Conteúdo?

Tem mais:
Receba Infográficos e
ebooks que capacitam e
descomplicam sua
rotina e a de seus
colaboradores.